Esta área tem como objetivo conhecer o processo de aprendizagem nos seus aspetos cognitivos, emocionais e psicomotores. A sua atuação verifica-se tanto no processo de aprendizagem regular, como quando há indicadores de dificuldades de aprendizagem.
A psicopedagogia tenta esclarecer e definir os obstáculos que possam estar a interferir na aprendizagem da criança ou adolescente para posteriormente traçar um plano de intervenção.
Para quem?
A psicopedagogia dirige-se a todas as crianças, adolescentes ou adultos a quem seja identificado um sinal de alerta de dificuldades de aprendizagem, isto é, dificuldades na leitura, na escrita, na expressão escrita, no vocabulário, no grafismo, na expressão verbal, no raciocínio lógico-matemático, no cálculo ou dificuldades de atenção/ concentração, entre outros.
Deste modo, nestas consultas são também diagnosticadas as dificuldades de aprendizagem específicas (Dislexia, Disortografia, Discalculia e Disgrafia) no sentido de avaliar as quatro áreas fundamentais para a aprendizagem escolar (leitura, escrita, cálculo e grafismo).
São também avaliadas possíveis perturbações do desenvolvimento, como a perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção.
A psicopedagogia dirige-se ainda a todos os indivíduos com indicadores de insucesso escolar ou que apresentem dificuldades ao nível das técnicas e métodos de estudo. Por último, dirige-se a todos aqueles que queiram otimizar o seu perfil de desenvolvimento cognitivo, no sentido de melhor se adaptarem às exigências da aprendizagem escolar.
Como decorre?
AVALIAÇÃO:
No caso de o individuo em causa ser uma criança, o processo de avaliação psicopedagógica inicia-se com uma entrevista aos pais onde é recolhido todo o historial da criança a vários níveis do desenvolvimento.
De seguida são realizadas três a quatro consultas com a criança onde, através de diversas atividades, faz- se a observação estruturada, conduzida pelos objetivos a alcançar. Nesta fase o objetivo principal é proceder a uma avaliação cognitiva através de um conjunto de estratégias, que tentam identificar o perfil psico-educacional da criança, permitindo traçar um mapa de aptidões distribuídas por áreas fortes, fracas e necessidades.
Esta avaliação permite conhecer melhor o indivíduo, fazendo uma caracterização do seu desenvolvimento, mas permite também conhecer o seu potencial de aprendizagem.
Ainda durante este processo de avaliação, o professor titular ou o diretor de turma são contactados pelo técnico da Kinesio Kids com o objetivo de recolher informação acerca do contexto escolar.
A última etapa desta avaliação prende-se com a entrega de um relatório aos pais acompanhado de uma caracterização detalhada das áreas avaliadas e das necessidades terapêuticas traçadas numa proposta de intervenção.
No caso de o individuo ser um adolescente ou adulto o processo de avaliação mantém-se com a exceção da primeira entrevista que é feita com o próprio.
INTERVENÇÃO:
A intervenção dependerá do perfil encontrado durante o processo de avaliação e adaptar-se-á às necessidades do individuo, podendo passar por reeducação ou treino de aptidões de leitura e escrita ou de cálculo, pelo treino cognitivo, por programas comportamentais, aplicação de estratégias específicas no âmbito da consulta e, também, dos diferentes contextos em que a criança se insere, nomeadamente casa e escola. Passa pela aquisição de técnicas e métodos de estudo, entre outras.
Ao longo do processo de intervenção, são realizadas reavaliações, no sentido de recolher informação acerca do ritmo de desenvolvimento, acerca das áreas que ainda precisam de ser alvo de intervenção ou acerca da necessidade de continuar com a intervenção.
As sessões têm duração de 50 minutos e a periodicidade das mesmas dependerá das necessidades de cada criança.
ONDE?
As sessões de intervenção psicopedagógica decorrem nas instalações da Clinic4you ou poderão ocorrer em regime de domicílios, em casa ou na escola, desde que o programa terapêutico seja possível de aplicar nesses contextos.