“Controlar e Ampliar a Capacidade Natural de Regeneração dos Tecidos”
A Medicina Regenerativa tem como objectivo principal o reparo e a substituição terapêutica de tecidos lesados e degenerados por complexos celulares ou moleculares com estruturas e funções equivalentes.
A terapia com tecidos, células vivas ou nucleótidos (ARN e ADN), uma vez integrada no sistema que foi lesado ou sofre degeneração, amplia a capacidade de recuperação da área através da aceleração da cicatrização, diminuição da inflamação, fortalecimento imunitário e aumento da capacidade de divisão ou diferenciação celular.
O material biológico utilizado para o tratamento pode ser extraído do próprio paciente (Cellesthic™ e Celljeunesse™) ou ser proveniente de células e tecidos animais comercializados por laboratórios farmacêuticos certificados pela Comunidade Europeia quanto às boas práticas de qualidade, segurança e estudos de eficácia clínica.
A Medicina Regenerativa é uma especialidade em crescente evolução que está integrada nos conceitos mais avançados da medicina anti-envelhecimento.
Principais Indicações:
Artrose
Osteoporose
Oncologia Imunodeficiências Doenças Degenerativas
Doenças Degenerativas
Doenças Metabólicas
Doenças Metabólicas
Doenças Auto-Imunes
Envelhecimento
Estética
TRATAMENTOS
SORO RICO EM NUTRIENTES
METAIS PESADOS / QUELAÇÃO
PLASMA RICO EM FACTORES DO CRESCIMENTO
TERAPIA CELULAR
MÉTODO CELLESTHIC™
MÉTODO CELLJEUNESSE™
OZONOTERAPIA
AUTO-HEMOTERAPIA
HOMOTOXICOLOGIA